Logo
Política
Prefeito Magno Soares destaca temas abordados na XXII Marcha e fala de recursos para os municípios
A Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios é uma mobilização democrática, realizada anualmente desde 1998, e tornou-se o maior evento político do Brasil.
11/04/2019 08h39
Por: Ronaldo Mota

O prefeito Magno Soares está participando da XXII Marcha - A Brasília em defesa dos municípios que acontece de 08 a 11 de abril. Na oportunidade o prefeito destacou sua perspectiva após a abertura da XXII Marcha.

"A Marcha sempre nos traz esperança porque nos coloca de frente dos governantes do país, os ministros, presidente da República, presidente do Congresso e esta marcha, ao meu ponto de vista, é a maior que já participei. Isso mostra a perspectivas, as necessidades que os municípios têm, o arroxo que os prefeitos passam e vem através da marcha solicitar melhorias de investimentos para os municípios. Então com certeza sairemos com alguns encaminhamentos, principalmente em relação ao Pacto Federativo e que é preciso distribuir os recursos para os municípios, pois as  pessoas habitam e moram e utilizam os serviços públicos neles. Os municípios estão passando por dificuldades, mas existem recursos que podem ser redistribuídos, exemplo: os 1% de setembro e Royalties do Petróleo", falou o prefeito.

A Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios é uma mobilização democrática, realizada anualmente desde 1998, e tornou-se o maior evento político do Brasil, contanto com a presença de mais de 5 mil participantes: prefeitos, secretários municipais, vereadores, senadores, governadores, parlamentares estaduais e federais, ministros e presidentes da República. Durante o evento são discutidas questões que influenciam o dia-a-dia dos Municípios e são apresentadas as reivindicações do movimento municipalista.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários