Logo
Polícia
Justiça manda soltar rapaz que matou desafeto em Campo Maior
Antonio Nilberte de Sousa estava preso na Penitenciária Regional de Campo Maior e vai responder ao processo em liberdade, cumprindo algumas medidas cautelares previstas em lei, mas sem prejuízo do processo a que responde, segundo a decisão do TJ.
11/04/2019 17h19Atualizado há 2 semanas
Por: Ronaldo Mota
Fonte: Campo Maior em Foco

O desembargador Pedro de Alcântara da Silva Macedo, do Tribunal de Justiça do Piauí expediu alvará de soltara em favor de Antonio Nilberte de Sousa, réu pelo assassinato de Glécio Junior de Lima, crime ocorrido em Campo Maior no dia 23 de fevereiro

Em 08 de março, o juiz da 1ª Vara da Comarca de Campo Maior, Múccio Miguel Meira, atendendo a um pedido do Ministério Público, havia negado o pedido de revogação da prisão do acusado, alegando que o réu oferecia risco a sociedade ou a outrem, pois, pela ação praticada e modus operanti, a gravidade dos delitos, ficou evidenciado a sua periculosidade.

 Antonio Nilberte de Sousa estava preso na Penitenciária Regional de Campo Maior e vai responder ao processo em liberdade, cumprindo algumas medidas cautelares previstas em lei, mas sem prejuízo do processo a que responde, segundo a decisão do TJ.

 O CRIME

Na noite do dia 23 de fevereiro, um jovem identificado por Glésio Júnior de Lima, vulgo “Cuiú”, de 23 anos, morador do bairro Matadouro, foi morto a nas proximidades do Iate Clube de Campo Maior. 

 

O suspeito, Antonio Nilberte de Sousa, 28 anos, foi preso em flagrante minutos depois do crime e confessou o delito. Segundo apurou o Em Foco, a vítima teria furtado aproximadamente 20 mil reais em joias da casa mãe do acusado do homicídio, no Bairro Cariri em janeiro deste ano.

 

Segundo a polícia, Glésio Júnior tinha várias passagens por roubo e também respondeu por participação em um homicídio ocorrido em agosto de 2015, nas proximidades da Praça Valdir Fortes, em Campo Maior.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários