Logo
Polícia

Jovem condenado por estupro coletivo em Castelo do PI volta a cometer crimes na cidade

Com o retorno ao mundo do crime, ele descumpre uma das regras da regressão e deverá voltar para internação em Teresina.

19/06/2019 16h00Atualizado há 5 meses
Por: Ronaldo Mota

Após cumprir três anos de internação como medida socioeducativa no Centro Educacional Masculino em Teresina, condenado por participar do estupro coletivo em Castelo do Piauí em 2015, o jovem Bento Fernandes de Oliveira, 19 anos, voltou a praticar crimes na cidade.

Ele foi liberado no dia 23 de setembro de 2018, enquanto os outros dois acusados de participarem do Estupro Coletivo ficaram na capital, onde passarão mais dois anos em semiliberdade, morando em abrigo, e seis meses prestando serviços à comunidade.

Foram imputados individualmente a cada um deles os atos infracionais equivalentes aos seguintes crimes: prática de quatro estupros, três tentativas de homicídio e um homicídio.

DE VOLTA AO MUNDO DO CRIME

Na noite desta terça-feira (18) Bento, em posse de uma arma branca (Faca) tentou assaltar um Comércio, localizado na Rua Siqueira Campos, no centro de Castelo do Piauí.

De acordo com informações, ele rendeu o comerciante identificado por Joaquim e exigiu dinheiro e alimentos, momento em que o comerciante reagiu à ação e o indivíduo fugiu sem levar nada.

Uma guarnição comandada pelo SGT Gomes e composta pelo CB Barradas e SD Damasceno realizaram diligências após a denúncia e conseguiram capturar o individuo. Ele foi conduzido até a DP para a realização dos procedimentos legais.

Com o retorno ao mundo do crime, ele descumpre uma das regras da regressão e deverá voltar para internação em Teresina.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários