Logo
Eleição

Izanyo Pinheiro desiste da Candidatura ao Cargo de Conselheiro Tutelar em Castelo do Piauí

Veja a nota de esclarecimento.

17/09/2019 21h19
Por: Ronaldo Mota

Na última quinta-feira (12) o castelense Izanio Pinheiro solicitou o pedido de afastamento da candidatura à Comissão Eleitoral e não irá concorrer às eleições para o cargo de Conselheiro Tutelar de Castelo do Piauí. 

Por meio da rede social FACEBOOK, Izanyo publicou uma nota de esclarecimento explicando os motivos da sua desistência. Veja:

“Queridos/as amigos/as da minha amada Castelo do Piauí, em maio deste ano, na data limite da inscrição para a eleição de Conselheiro Tutelar, mais precisamente faltando 30 min para a submissão de candidaturas, decidi concorrer a eleição. 

De forma conturbada, deu-se início ao processo, por conta de boatos que corriam na cidade dando conta que eu não poderia concorrer ao cargo por ser filiado a um partido político. No entanto, como não dou murro em ponta de faca, tinha, antes da inscrição, feito as devidas consultas à legislação vigente e ao setor jurídico. Não havia, àquela altura, nenhuma dúvida de minha parte em relação a isso. 

Não iniciei a campanha antes dos testes (Prova de Português e ECA e Teste Psicológico), pois queria fazer uma campanha bonita, mostrando minhas qualidades e os trabalhos que já haviam sido desenvolvidos por mim ou com minha ajuda no que diz respeito à Criança e ao Adolescente. O resultado saiu na semana seguinte ao Canyon Fest Poty 2019: fiquei em 3º Lugar na Classificação Geral e não fui reprovado no teste psicológico.

Passado o evento, tive de fazer duas viagens a Teresina, no intuito de participar de eventos, representando o Município e o setor para o qual presto serviço – o CRAS II. Nesse interregno, tive uma crise forte de nariz e garganta e fui submetido a um tratamento para uma posterior cirurgia. Estive afastado das atividades por alguns dias. Só retornei ao município na semana das festividades do aniversário da cidade e, atualmente, encontro-me em Teresina, o que me impossibilita, assim, de fazer uma campanha corpo a corpo, o que, no meu ponto de vista, é muito importante – mesmo sabendo que a campanha virtual também conta muito. Porém, resolvi não arriscar.

Nesta última quinta-feira (12/09), quando estive em Castelo, apresentei pedido de afastamento da candidatura à Comissão eleitoral, Presidida pela Professora e Secretária de Assistência Social, Graça Silva, que após recebido e enviado para o TRE, foi deferido.

Quem me conhece sabe que não estou saindo da disputa por medo de perder ou porque dois/ três candidatos disseram que eu não assumiria, pois o que me impediria seria a reprovação nos testes exigidos e nos quais fui aprovado. Confio no povo e sei que grande parcela da sociedade sabe da importância de um conselho tutelar atuante. Ademais, eu atendo aos requisitos para o bom desempenho deste papel. 

Finalizo minhas palavras agradecendo a todas as diversas pessoas e famílias que, mesmo sem pedir, tinham demonstrado seu apoio a minha candidatura. Rogo ao bom Deus que nos guarde e abençoe. Para quem fica, boa sorte. Ao povo, discernimento, para que sejam eleitas pessoas preparadas para o trabalho, que não é nada fácil”.

Castelo do Piauí, 17 de setembro de 2019

Att,

Izanyo Pinheiro Sampaio Mesquita Cardoso de Carvalho

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários