Quarta, 08 de Julho de 2020 08:07
(86) 99911-8355
Polícia Polícia

Buracos na BR-343 foram responsáveis por colisão que acabou em morte em Campo Maior

Osvaldo Ibiapina Filho, de 38 anos de idade, morreu ao colidir frontalmente contra dois caminhões quando tentava desviar de buracos.

14/06/2020 12h00
892
Por: Ronaldo Mota
Buracos na BR-343 foram responsáveis por colisão que acabou em morte em Campo Maior

A Polícia Rodoviária Federal informou neste domingo (14/06) que o acidente com vítima fatal registrado nesse sábado (13/06) na BR-343 em Campo Maior teve como causa principal os buracos na rodovia. Osvaldo Ibiapina Filho, de 38 anos de idade, morreu ao colidir frontalmente contra dois caminhões quando tentava desviar de buracos.

“De acordo com levantamento no local e declaração de testemunhas, a motocicleta colidiu frontalmente nos dois veículos de carga após desviar de buracos na rodovia. A colisão ocorreu na faixa contrária ao deslocamento da motocicleta, colidindo na carroceria do primeiro veículo e depois na cabine de uma outra carreta que trafegava em seguida” afirmou nota da PRF.

VÁRIAS Vítimas NO MESMO LOCAL

Os buracos na BR-343 são antigos em toda a sua extensão, mas especialmente em Campo Maior tem alguns crônicos. Na Praça da Bandeira, ao lado do prédio do INSS, já plantaram até bananeira.

Neste local do acidente de ontem a noite já foram registrados pelo menos três acidentes. Em 2018 um motociclista caiu ao tentar desviar deles. (Foto abaixo).

Em 2019. um motociclista seguia ao lado de um carro e acabou tendo que ir para o acostamento por conta do buraco e acabou colidindo em um veículo no mesmo lugar do acidente de ontem. (Foto abaixo)

Outro buraco na rodovia há poucos metros do local do acidente de ontem já havia provocado a queda de um motociclista que transportava uma mulher  (Foto abaixo) como carona em 2016. Ao cair, a mulher foi colhido por um caminhão e teve o corpo dilacerado morrendo no local. Dias depois, um cidadão identificado por "Carlão do Fripisa" tampou o buraco usando cimento, mas pouco tempo depois o buraco estava da mesma forma.