Quarta, 20 de Janeiro de 2021 01:53
(86) 99911-8355
Política Política

Com trajetória sindical e social, Edmilson Abreu é pré-candidato em Castelo do Piauí

Como liderança política, Edmilson tem contribuído relevantemente para o desenvolvimento de Castelo do Piauí

05/08/2020 12h27 Atualizada há 5 meses
Por: Ronaldo Mota Fonte: Pensar Piauí
 Com trajetória sindical e social, Edmilson Abreu é pré-candidato em Castelo do Piauí

Edmilson Abreu (PT) é pré-candidato a vereador em Castelo do Piauí.

O pré-candidato é administrador e líder político do município.

Em Castelo do Piauí, foi candidato a vereador pela primeira vez em 2000, obteve 476 votos, mas não foi eleito por conta da legenda partidária. Em 2004, foi candidato a vice-prefeito em composição com PDT e em 2008 foi candidato a prefeito pela primeira vez onde obteve 4.761 votos, sendo o segundo colocado nas eleições municipais daquele ano.

Em 2012, foi novamente candidato a prefeito pela oposição e obteve 5.096 votos, sendo novamente o segundo colocado nas eleições municipais. Em 2016, como líder natural da oposição, apresentou o vereador Magno Soares como candidato a prefeito, sendo, portanto, vitorioso nas eleições municipais.

Edmilson Abreu é reputado como um político de orientação trabalhista\democrata, sendo militante de esquerda e filiado ao Partido dos Trabalhadores desde 1999, seu único partido. Esteve à frente das campanhas presidenciais do ex-presidente Lula, da ex-presidente Dilma e do Governador Wellington Dias no estado do Piauí. É a favor da democracia e um lutador incansável pela igualdade social e inclusão dos menos favorecidos.

Em 2017 foi convidado pelo então prefeito, Magno Soares, para ocupar a Secretaria Municipal de Administração, sendo secretário até dezembro do mesmo ano, em 2018 foi novamente convidado para ocupar o cargo de Secretário Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, ocupando essa pasta até dezembro de 2019.

Como liderança política, Edmilson contribuiu relevantemente para desenvolvimento de Castelo do Piauí.

Lutou pela implantação de 8km de pavimentação asfáltica na zona urbana da cidade sendo, no primeiro projeto, atendidos os bairros Mutirão, Reffesa, Nossa Senhora das Graças e Retorno. No segundo projeto foram atendidos os bairros Baixada, Bela vista e COHAB.

Esteve diversas vezes junto às suas lideranças estaduais na Eletrobrás-PI pleiteando a implantação do programa Luz Para Todos no município. Através dessa luta, foram atendidas 97% das comunidades rurais, que tiveram acesso à energia elétrica. Além disso, foi um forte defensor da melhoria da qualidade da energia elétrica fornecida na região e através de suas reivindicações e de vários outros líderes regionais e movimentos sociais, foi implantado o linhão 69, que garantiu o melhoramento significativo da qualidade de energia elétrica em Castelo e adjacências.

A favor da reforma agrária, como sindicalista, lutou pela desapropriação de vários imóveis rurais para fins de reforma agrária dentre eles: Angico Branco e Fornos, Açude Várzea, Caraíbas, Boa vista e Fazenda Nova. Todos esses imóveis, através de suas reinvindicações, foram transformados em importantes comunidades, totalizando 243 famílias assentadas.

Conseguiu a implantação do projeto Crédito Fundiário, do Governo do Estado do Piauí. Através dessa sua solicitação, o projeto foi desenvolvido nos assentamentos Itaúna, São José de Dentro, Mirassol e Lago Verde, totalizando 100 famílias com acesso a terra, moradia digna e produção.

Implantou 1.578 cisternas de placas para atender várias famílias, garantindo acesso à água potável e armazenamento de água da chuva em diversas comunidades do município de Castelo do Piauí.

TRAJETÓRIA SINDICAL E SOCIAL

Filiou-se ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Castelo do Piauí em 24 de junho de 1996 e ocupou vários cargos na Diretoria do Sindicato, sendo presidente daquela entidade por dois mandatos consecutivos (2001-2005 e 2005-2009), foi membro da diretoria da Federação dos Trabalhadores Rurais e Agricultores e Agricultoras do Estado do Piauí- FETAG-PI.

Como sindicalista, também ocupou o cargo de interventor municipal do município de São Miguel do Tapuio-PI, sendo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Miguel do Tapuio por 6 meses. Em 2010 foi sócio-fundador do Centro de Formação Educacional para Convivência com o Semiárido-CEFESA, foi membro diretor da entidade e atuou na defesa das políticas públicas de convivência com o semiárido brasileiro.

Foi membro da diretoria do Fórum Piauiense de Convivência com o Semiárido-FPCSA, como coordenador técnico do CEFESA, esteve à frente de vários projetos de tecnologia sociais (cisternas) construindo no município de Castelo do Piauí 1.578 cisternas de placas e em vários outros municípios piauienses, totalizando 6.780 unidades de cisternas para atender e melhorar a qualidade de vida de muitas famílias do estado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
FALANDO FRANCAMENTE
Sobre FALANDO FRANCAMENTE
Elias Junior