Quarta, 22 de Setembro de 2021 08:05
(86) 99911-8355
Cidades RETALIAÇÃO

Enfermeira sofre retaliações após denunciar descaso no Samu de Campo Maior

Segundo a profissional, após o dia e noite de trabalho e de ter ido dormir as três da madrugada, ela foi acordada pela direção do Samu ordenando que ela se retirasse do recinto.

04/09/2021 21h22 Atualizada há 2 semanas
Por: Ronaldo Mota Fonte: Campo Maior em Foco
Enfermeira sofre retaliações após denunciar descaso no Samu de Campo Maior

A enfermeira Karla Alencar responsável por denunciar o descanso no Samu de Campo Maior, informou nessa sexta-feira (03), que sem sofrendo retaliações por parte da direção do órgão após as denúncias.

Segundo a profissional, após o dia e noite de trabalho e de ter ido dormir as três da madrugada, ela foi acordada pela direção do Samu ordenando que ela se retirasse do recinto.

"Realizamos duas transferências e em decorrência disso chegamos aqui na base mais de 3 da madrugada, horário que eu fui dormir para poder ir embora para casa. Após o plantão eu dormi aqui no dormitório um pouco, porque eu sofri acidente de tanto cansaço que eu estava. Acordei hoje muito cedo com a coordenadora do Samu batendo na porta e mandado eu me retirar do local porque meu plantão já tinha acabado. Gente, nunca aconteceu, eles já começaram a perseguição", disse.

Em um vídeo divulgado pela enfermeira ela aparece cercada pela coordenadora do Samu identificada como Luana, um advogada chamada Zefa Miranda e o assessor do prefeito, que namorada com a coordenadora do Samu.

"Eles estiveram aqui, uma mulher disse que eu estava cavando a minha própria morte, isso é uma ameaça e eu vou a delegacia registrar um boletim de ocorrência", finalizou a profissional.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Campo Maior