Segunda, 20 de Setembro de 2021 15:52
(86) 99911-8355
Geral DÍVIDAS

ABSURDO! Ex-prefeito Casagrande deixa dívida de mais de R$300 mil em aluguéis de carros

O que chama atenção é a contratação de tantos veículos para uma cidade de pequeno porte, com uma população de menos de 7 mil habitantes, segundo o IBGE.

16/09/2021 17h32
Por: Ronaldo Mota
ABSURDO! Ex-prefeito Casagrande deixa dívida de mais de R$300 mil em aluguéis de carros

A empresa MARVÃO SERVIÇOS LTDA, com sede na Avenida Pedro Freitas, nº 2089, bairro Vermelha, Teresina-PI, entrou com Ação de Cobranças em face da Prefeitura Municipal de Milton Brandão – PI, referente a dívidas de aluguéis de 17 veículos, deixadas pela gestão do ex-prefeito Casagrande.

Segundo a empresa, foram firmados contratos com a prefeitura no dia 01 de fevereiro de 2017, em que se tinha como objeto a contratação de serviço de transporte em geral para atender as demandas do Município de Milton Brandão – PI.

Assim, no contrato de n° 014/2017, foi locado um veículo adaptado, cujo valor do turno era de R$ 180,00 (cento e oitenta reais) e o valor mensal totalizando R$ 162.360,00 (cento e sessenta e dois mil e trezentos e sessenta reais).

 

Já no que se refere ao contrato 015/2017, foram locados 08 veículos do tipo passeio com capacidade de 05 passageiros, ficando o valor mensal de R$ 23.600,00 (vinte e três mil e seiscentos reais); e 8 veículos tipo pick-up, cabine dupla, tração 4x4, motor diesel, 2.5 a 3.0 cc, 04 portas, com capacidade para 05 passageiros, totalizando um valor mensal de R$ 58.400,00 (cinquenta e oito mil e quatrocentos reais).

No entanto, mesmo prestando fielmente os serviços contratados, os pagamentos não ocorreram. Ou seja, passados mais de 30 meses após a data prevista em contrato para pagamento da última nota fiscal, a prefeitura não realizou o pagamento

O valor total da dívida é de R$ 301.572,99 (trezentos e um mil e quinhentos e setenta e dois reais e noventa e nove centavos).

O que chama atenção é a contratação de tantos veículos para uma cidade de pequeno porte, com uma população de menos de 7 mil habitantes, segundo o IBGE. 

PREJUÍZOS 

Diante do princípio da continuidade da administração pública, os valores deverão ser pagos pelo atual prefeito Evangelista Resende, que, mais uma vez, terá que arcar com dívidas deixadas pela anterior gestão e, diante disso, deixando de aplicar os recursos em prol de outros benefícios para a população miltondrandense. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.