Quinta, 27 de Janeiro de 2022
Polícia PRISÃO

Polícia Militar prende suspeito de assassinar homem nas margens do Rio Surubim em Campo Maior (PI)

Ele foi preso horas após a localização do corpo, em um bar no centro de Campo Maior.

26/11/2021 às 17h32
Por: Ronaldo Mota Fonte: Campo Maior em Foco
Compartilhe:
Polícia Militar prende suspeito de assassinar homem nas margens do Rio Surubim em Campo Maior (PI)

A Polícia Militar efetuou a prisão do suspeito de assassinar Luciano Alves de Sousa, 48 anos, encontrado morto por populares no inicio da manhã desta quinta-feira (25) nas margens do Rio Surubim, no Bairro de Flores, em Campo Maior (PI).

Segundo informações obtidas pelo EmFoco através do Major Etevaldo, o suspeito do crime foi identificado como Edimar Pereira da Cruz, 58 anos, mais conhecido como 'Edimar Beira Rio'.

Ele foi preso horas após a localização do corpo, em um bar no centro de Campo Maior.  O corpo foi encontrado no terreno que pertence ao suspeito. A polícia chegou ate o Edimar, após testemunhas relatarem que viram o mesmo confessando o crime e pedindo para não acionarem a polícia.

"Uma testemunha viu o Edmar Pereira da Cruz confessando que tinha matado uma pessoa ali às margens do rio Surubim e essa testemunha informou a Polícia Militar de quem se tratava. "{Oh foi o Edmar Beira Rio ele passou aqui agora a pouco disse que tinha matado uma pessoa ali e pra não avisar a polícia}". Mas aí, essa pessoa nos informou e conseguimos agora a pouco localizar o acusado em um bar localizado na praça Luiz Miranda aqui em Campo Maior. Ele foi conduzido nesse momento aqui pra Delegacia de Polícia", disse o Major Etevaldo.

O CASO

Segundo informações do Comandante Major Etevaldo, o homicídio ocorreu por volta das 3hrs da manhã em um terreno que fica localizado as margens do rio.

Cerca de quatro indivíduos, incluindo a vítima, estavam consumindo drogas quando iniciaram um desentendimento, onde culminou no assassinato de Luciano.

A vítima foi encontrada com sinais de espancamento por pauladas, feitas por um cabo de uma enxada na região da cabeça, o que ocasionou o óbito ainda no local. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.