Quinta, 27 de Janeiro de 2022
Política POLÍTICA

Vereador de Assunção do Piauí pede que a justiça afaste servidores municipais contratados

O autor da ação é o vereador de oposição Valdeci Alves Pereira (PP).

10/01/2022 às 16h49 Atualizada em 10/01/2022 às 16h52
Por: Ronaldo Mota Fonte: Valter Lima / Tapuio Notícias
Compartilhe:
Vereador de Assunção do Piauí pede que a justiça afaste servidores municipais contratados

O Vereador Valdeci Alves Pereira (PP), de Assunção do Piauí, entrou com ação na Justiça (Processo N° 0801044-92.2021.8.0071) – Comarca de São Miguel do Tapuio, ao qual pretende provimento judicial a fim de afastar todos os servidores municipais contratados pelo Poder Público Municipal, bem como para anular o edital de nº 1/2021, do Município de Assunção do Piauí, que dispõe sobre a realização de teste seletivo simplificado.

Acerca do teste seletivo simplificado, o Prefeito de Assunção do Piauí, Antonio Luiz Neto, o “Netinho” (PSD), disse que, o processo já ocorreu, e foi realizado dentro da legalidade conforme os trâmites da lei, exigido.

A respeito da ação do pedido de afastamento de servidores contratados na Administração Municipal, impetrado pelo vereador Valdeci, segundo o prefeito Netinho, a gestão municipal atende aos princípios legais para acolher as necessidades de cada área administrativa.

O prefeito municipal, Netinho,classifica a atitude do vereador Valdeci, como sendo um ato de perseguição aos servidores e ao povo de Assunção do Piauí, e, ao mesmo tempo, uma atitude  incoerente, já que o mesmo [Vereador Valdeci Alves], em sua campanha política, como candidato a vereador, no pleito passado, prometia empregos em todo o município, caso o seu grupo político ganhasse as eleições.

Relatório da Justiça – Decisão

Nota-se que, no presente momento, a inicial carece de documentos robustos a fim de proporcionar a análise da matéria de forma mais acurada.

Ainda, ante à sensibilidade da matéria colocada de forma mais colocada em discussão, bem como diante do procedimento escolhido pelo autor a fim de sustentar sua pretensão, reservo-me para apreciar o pedido de liminar após a reposta dos réus, não sendo razoável se antecipar ao contraditório nesse momento.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.