Logo

Carro forte é fuzilado e explodido em Campo Maior

24/11/2016 18h14Atualizado há 3 anos
Por: Ronaldo Mota
Um carro forte da empresa Prosegur foi alvo dos criminosos por volta das 10h da manhã desta quarta-feira (23) na BR-343, altura da comunidade Água Branca, zona rural de Campo Maior a cerca de 12km da sede do município. Os bandidos fizeram tocaia e quando avistaram o veiculo que seguia com destino a Parnaíba começaram a fuzilar. "Foi tudo muito rápido. Eles fecharam a gente e começaram atirar. Pela posição que eles estavam não teve como a gente mudar a posição da arma e revidar", disse um dos ocupantes do carro forte. Ninguém se feriu. O motorista do carro forte desceu o carro para o acostamento e todos os três seguranças desceram correndo para se refugiar atrás de uma casa porque os bandidos estavam com em número maior e com armamento pesado. Ao descer do carro os seguranças bateram a porta que travou e irritou os bandidos que ainda atiraram dispararam contra os funcionários. Para abrir o veículo os elementos tiveram que disparar duas dinamites. Eles fugiram levando vários malotes de dinheiro. Os seguranças não informaram a quantia e não souberam quantos elementos participaram da ação. Apenas souberam identificar que eles andavam em dois carros, sendo uma Hillux de cor branca com vidros fumê 100% e um Renault Duster de cor marrom com placa PIH-9896 de Teresina (PI). Na fuga os bandidos entraram na estrada vicinal que dá acesso a comunidade Flores e incendiaram o carro modelo Duster. Eles retornaram para a BR-343 e ninguém soube informar o sentido que eles fugiram. Há informações que eles já foram vistos passando na estrada que dá acesso a Cabeceiras do Piauí, mas teriam pego acessos para a cidade de José de Freitas. No local onde o carro foi incendiado populares encontraram dinheiro queimado e pedaços de papeis com o nome do Banco Santander. O Delegado Laécio Evangelista passou no local no momento da ocorrência estava se deslocando de Teresina para Campo Maior. “Eu passei na hora, mas seguir viagem até obter sinal de telefone e já acionei toda a polícia”, informou. Láecio disse que há equipes de policiais espalhadas por toda região na captura dos elementos. A polícia acredita que em torno de 08 elementos tenha participado do assalto. Fonte: Campo Maior em Foco
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários